Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 28 de julho de 2016

EM BREVE NO BRASIL - RENAULT ALASKAN

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO



Renault de novo na seção Em Breve no Brasil? Mais um tabu quebrado pela marca francesa aqui no blog. Só que, desta vez, a picape média Alaskan, sem previsão de vir para cá, não é um Renault autêntico. 

O inédito veículo da Renault nada mais é que a nova geração da Nissan Frontier (também aguardada por aqui), apenas com a grade de abertura em U no para-choque e filetes dentados e cromados, estilo padrão dos mais recentes modelos da marca. 


Nissan Frontier
A Alaskan começará sendo fabricada no México, mas começará sendo vendida na Colômbia (situação semelhante ao do SUV compacto Kicks, lançado no Brasil, mas também feito em terras mexicanas inicialmente). Talvez seja produzida na Argentina. Na Europa, será montada na Espanha, junto com a Navara ou NP300 (como a Frontier é chamada por lá). O interior bem acabado e confortável entrega a origem nipônica da picape francesa: o estilo do painel é típico da Nissan.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

EM BREVE NO BRASIL - RENAULT KOLEOS

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


Um Renault na seção Em Breve no Brasil? É um milagre. Desde 2013, quando eu falei do Captur (que até agora não chegou e virá diferente), um modelo da marca francesa do losango não era pauta da seção para falar de carros que poderão chegar ao nosso mercado.

A expectativa agora é pelo crossover médio-grande Koleos, que está sendo esperado para novembro, com apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo. Se vier, o Koleos vai quebrar outro tabu: o de ser o primeiro Renault autêntico vendido no Brasil desde a importação da Grand Scénic e do Mégane Cabriolet em 2008. Vale lembrar que os demais modelos lançados desde então são da romena Dacia (Logan, Sandero, Duster) ou projeto da sul-coreana Samsung (o Fluence). Clio, Kangoo e Master são projetos antigos.

domingo, 24 de julho de 2016

LANÇAMENTO - KIA SPORTAGE 2017

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTA CARRO


O Kia Sportage, que nasceu com aparência de jipe da Suzuki, cansou de ser um estiloso coreano e agora quer ser um Porsche. Tanto que adotou o estilo frontal muito parecido com o Macan, o novo SUV da marca alemã: faróis em formato de bumerangue no capô vincado e, pela primeira vez, separado da grade (dentada, característica da Kia) no para-choque. A marca registrada da quarta geração do Sportage é o par "quatro de dado" das luzes de LED de neblina no para-choque (somente para a versão mais completa). 

HISTÓRIA EM FOTOS - KIA SPORTAGE


O Kia Sportage foi lançado em 1993 e, como você nas fotos, tinha aparência de jipe, muito parecido até com o Suzuki Vitara. Chegou ao Brasil dois anos depois e posteriormente ganhou a versão Grand Sportage, mais familiar e de sete lugares. A partir da segunda geração virou um utilitário esportivo e passou a compartilhar a plataforma com o Hyundai Tucson, que fez mais sucesso que ele. A terceira assumiu um formato crossover, enquanto o primo Hyundai ix35 está mais para um SUV. E esta nova quer ser um Porsche, por adotar o mesmo formato dos faróis do Macan e do Cayenne. Seu primo Tucson deve chegar ao país no final do ano.  

quarta-feira, 20 de julho de 2016

LANÇAMENTO - TOYOTA PRIUS

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTAS QUATRO RODAS E CARRO (NÍVEL DE RUÍDO)


A quarta geração do Toyota Prius é apenas a segunda do sedã híbrido a desembarcar no Brasil, onde já está à venda por R$ 119.950. Sedã? Sim, é um dos gêneros do novo Prius, que também pode ser um fastback ou um carro do futuro.

HISTÓRIA EM FOTOS - TOYOTA PRIUS

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO

O Toyota Prius foi lançado no Japão em 1997 e foi o primeiro carro híbrido produzido em larga escala no mundo. Sua pré-estreia foi em 1995, como conceito. Somente no ano 2000 passou a ser vendido em diversos países do mundo, excluindo o Brasil, que só conheceu oficialmente o modelo em 2013, na terceira geração. Desde então, evoluiu em estilo, baterias, desempenho e equipamentos. As duas primeiras gerações tinham motor a combustão 1.5, substituído pelo 1.8 a partir da terceira. 

quinta-feira, 14 de julho de 2016

HISTÓRIA - VOLKSWAGEN VOYAGE 35 ANOS

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO

Este ano, o Gol ganhou um discretísimo face-lift, cuja mudança mais visível foi o novo painel interno. A mudança também chegou ao sedã Voyage, renascido em 2008 com a reestilização do Gol, e pode ser entendida como um presente pelos 35 anos do sedã. 


O Voyage foi lançado em 1981, nas versões de acabamento S e LS. Era o segundo modelo da nova família de compactos BX da VW. O primeiro foi o Gol, nascido no ano anterior. A perua Parati e a picape Saveiro viriam em 1982. Como no Fiat Siena em relação ao Palio, a montadora alemã também caprichou mais no sedã. Suas luzes de direção ladeavam os faróis e o motor era o 1.5 refrigerado a água do Passat. O câmbio tinha quatro marchas. No hatch elas ficavam no para-choque, deixando os faróis menores, e o propulsor era o mesmo 1.3 a ar do Fusca. O Gol esperou quatro anos para receber a novidade.

terça-feira, 12 de julho de 2016

LEMBRA DE MIM? - FORD VERSAILLES (1991-1996)


TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO E REVISTA QUATRO RODAS (MARCO DE BARI - IN MEMORIAN - E CLÁUDIO LARANGEIRA)


Em 2016, o Ford Del Rey completou 35 anos de lançamento. Não chegou a ser um campeão de vendas, mas encantou o mercado com o seu conforto, o seu vistoso relógio digital e por ter popularizado os vidros elétricos. Dez anos depois, ele precisou ser substituído.

Na sua história, publicada aqui no Guscar, em junho, já foi dito que ele deu lugar a um clone do recém-reestilizado Santana, da Volkswagen (as duas integravam a Autolatina, criada em 1987), e não a um autêntico Ford. Era a contrapartida pelo médio Ford Verona ter gerado um gêmeo para a VW, o Apollo. E assim nasceu o Versailles, que estaria completando 25 anos se ainda fosse fabricado (provavelmente teria outra geração e plataforma) e 20 anos de fim de produção.

sexta-feira, 8 de julho de 2016

COMPARATIVO - HATCHES MÉDIOS (FORD FOCUS x HYUNDAI I30 x VW GOLF)

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


Estava em dívida com a Hyundai. Ainda não tinha falado do face-lift do i30. Estava em dívida com o Focus. Ainda não tinha promovido um comparativo do hatch depois do face-lift no ano passado, embora o Mário já tenha falado dele aqui no Guscar. Estava em dívida com o Golf. Ainda não tinha falado da versão nacionalizada do modelo.

Chega de tanto mea culpa. Decidi reunir os três, que são os únicos hatches médios em sintonia com o exterior. A Peugeot preferiu fazer uma gambiarra no 308 em vez de lançar a nova geração, a Fiat prefere deixar o Bravo agonizando em vez de trazer logo o novo Tipo e o Cruze Sport6 aguarda a nova geração na virada do ano.

A ideia inicial era fazer apenas um frente-a-frente entre o Golf Comfortline e o Focus SE, ambos 1.6. Mas como há a possibilidade do Volks trocar esta cilindrada pelo mesmo 1.0 TSI do Up! mudei de pauta e decidi comparar o 1.4 TSI Highline com o 2.0 Direct Flex Titanium do Ford, fazendo uma correção em relação a um comparativo de 2013, no qual o Focus 1.6 foi humilhado pelo Golf 1.4. Como a faixa de preço é próxima, "chamei" também o Hyundai i30 na versão Série Limitada, todos com câmbio automático. Será um comparativo bem equilibrado.

sábado, 2 de julho de 2016

LANÇAMENTO - CHEVROLET CRUZE 2017

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTA QUATRO RODAS


É com estilo e tecnologia que o novo Chevrolet Cruze vai buscar a liderança de vendas no segmento de sedãs médios, que está nas mãos de Honda e Toyota há cerca de uma década. A nova geração, agora fabricada na Argentina, já está à venda no Brasil com motor turbo 1.4 e em duas versões: LT e LTZ.