quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO

Depois que lançou o CLS em 2005, a Mercedes-Benz foi imitada por todas as suas concorrentes alemãs. A primeira foi a Volkswagen, com o Passat CC. Depois a Porsche, com o Panamera, a Audi com o A7 e o A5 Sportback e, finalmente, a BMW, com os Série 6 e 4 Gran Coupé.

Estava criado o segmento dos cupês de quatro portas, que são sedãs com teto de caída contínua. A própria Mercedes estendeu a sua invenção a um segmento mais "acessível" e lançou o CLA. Até a sul-coreana Hyundai bebeu na fonte e rebatizou o estilo com o termo escultura fluída.

Dez anos depois de criar um novo conceito de estilo para os sedãs, é a vez da Mercedes imitar o concorrente, no caso o BMW X6, que levou o formato cupê para os utilitários fora de estrada. O desenho estranho não impediu que a BMW lançasse o X4.

A resposta da Mercedes (tardia, por sinal, pois se passaram seis anos) atende pelo nome de GLE Coupé e foi apresentada oficialmente ao público no Salão de Detroit, nos Estados Unidos. O estilo é tão estranho quanto o do rival, mas os alemães da estrela de três pontas de Stuttgart acreditam que se os conterrâneos de Munique conseguiram o sucesso, eles também conseguem. E o X6 deve ter muito medo do seu primeiro real concorrente, que chega com mais tecnologia.
0

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


O ano de 2014 se foi. A indústria automobilística, com queda na produção e vendas, e o Volkswagen Gol, que perdeu a liderança de 27 anos de mercado para o Fiat Palio, não vão sentir nenhuma saudade. O futebol brasileiro, que tomou de 7x1 para a Alemanha, em pleno Mineirão, em plena Copa do Mundo disputada no Brasil, também não. 

De lançamentos foi um ano razoável. Tivemos apenas um modelo realmente novo fabricado no país: o Volkswagen Up! Entre os totalmente reestilizados, Toyota Corolla, Hondas Fit e City e Ford Ka, que acabou ganhando o título de Carro do Ano da revista Autoesporte. Mas 2014 foi o ano dos face-lifts, sejam nacionais ou importados: Peugeot 3008, Nissan March (que passou a ser fabricado aqui no estado do Rio), Volkswagen Fox, Fiat Uno e Renault Fluence. A Saveiro, enfim, ganhou cabine dupla (mas com duas portas) e o Up! ainda ganhou uma versão de aparência aventureira, chamada Cross.
0

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015


TEXTO E FOTOS: GUSTAVO DO CARMO 

Encerrei a primeira cobertura internacional e in loco do Guscar com uma atração tão esperada quanto os próprios carros e os brindes: as modelos dos estandes. Tenho poucas fotos porque foi difícil tirar. A maioria não quis ser fotografada e respeitei, claro. Das que eu fotografei, boa parte aceitou posar com simpatia. Algumas eu as surpreendi. Outras sorriram quando me viram tirando a foto e não reclamaram. Pena que eu não peguei o nome e o telefone de nenhuma delas...


0

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


O Mercedes SLS AMG mal saiu de linha e seu lugar top, ainda quente, já será ocupado, a partir do ano que vem, pelo AMG GT. Ele utiliza a mesma plataforma e manteve o capô longo e a traseira curta do antecessor. No entanto, tem um novo desenho, bem mais charmoso, com caída do teto curvada, como os ingleses Jaguar F-Type (ficou até muito parecido com este) e McLaren 650S, além do conterrâneo Porsche 911. Legítimos cupês esportivos que vão concorrer com o novo AMG. Audi R8 e o híbrido BMW i8 também estão no páreo.  
0

sábado, 17 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


Estávamos em 1994. Nos áureos tempos da importação no Brasil, aproveitando o sucesso do Plano Real, a sul-coreana Daewoo chegava com tudo ao nosso país. Além dos seus modernos aparelhos de som, ela trazia também os seus veículos.

Começou com o Espero, um sedã médio de 4,55m de comprimento, linhas retas, com vidro da lateral até a traseira (sempre separado por colunas), capô baixo, grade no para-choque, faróis trapezoidais longos e finos e tampa do porta-malas com lanternas unidas por uma faixa de acrílico com o nome do modelo. O estilo era chamado de italiano porque a carroceria foi desenhada pela Bertone. Mas a inspiração provavelmente veio do francês Citroën XM, que foi assinado pelo mesmo estúdio em 1989. O Espero foi lançado na Coreia do Sul no ano seguinte. 
0

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTAS CARRO E QUATRO RODAS (ESPAÇO INTERNO)
Texto publicado em 13/08/2014 
Preços e equipamentos do Corolla não atualizados


Em oito anos de carreira no Brasil, o Kia Cerato quase amadureceu. De um sedã com design sem sal na primeira geração, ainda era um médio-compacto quando chegou à sua segunda carroceria, com um estilo bem atraente, criado pelo alemão Peter Schreyer. Apesar dos cantos vivos, foi responsável por revolucionar a identidade da marca sul-coreana.

Nesta terceira edição, lançada aqui no ano passado, o Cerato cresceu e agora pode ser classificado como um sedã médio. Ganhou curvas nas linhas, faróis, lanternas e painel interno, além de uma grade mais imponente. Mas o que impediu o amadurecimento completo foi o motor.

Manteve o mesmo 1.6 Flex usado no estranho compacto Soul e também no Hyundai HB20, que rende no máximo 128 cavalos. Por isso, a ambição de ter um desempenho melhor ou igual que o Toyota Corolla, Honda Civic e companhia ficou comprometida.

O Cerato tinha tudo para fazer frente aos sedãs médios na faixa de 4,60m de comprimento (o Cerato tem 4,56m), mas com este motor não dá para enfrentar os rivais 2.0 ou 1.6 turbo (como é o caso do Citroën C4). Só vendeu 268 unidades em junho, segundo a Fenabrave. 

Como ninguém vai preterir o Cerato por um chinês da JAC (o J5), o Fiat Linea está muito velho e o Honda City ganhará nova geração em breve, decidi realizar o sonho da Kia e compará-lo com o Corolla. Mas o oponente estará na versão básica, a GLi, com motor 1.8.

0

domingo, 11 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
Originalmente publicado em 26/08/2014


Difícil imaginar, mas o Ford Ka que está chegando ao mercado brasileiro nas versões hatch e sedã, em sua terceira geração, um dia já foi um microcarro.

0

TEXTO: MÁRIO COUTINHO LEÃO | FOTOS: GUSTAVO CARMO
Originalmente publicado em 26/02/2014

Grandes oportunidades surgem durante as crises. E para o engenheiro turco Alexander Arnold Constantini Issigonis. Em 1957, a crise no canal de Suez comprometeu o abastecimento de petróleo mundo afora, o que motivou a British Motor Company (onde Alexander trabalhava) a projetar e fabricar um carro que fosse pequeno, consumisse pouco combustível e transportasse quatro adultos com algum conforto. O projeto era audacioso e contou com a importante participação de empresas do setor automotivo.   

0

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO 
FOTOS: DIVULGAÇÃO E  REVISTA CAR AND DRIVER
Matéria originalmente postada em abril de 2014


O Chevrolet Cruze nasceu, em 2007, de um projeto sul-coreano da subsidiária da General Motors no país asiático, a Daewoo, que batiza o atual sedã médio da GM brasileira de Lacetti. Não parece, mas o Cruze tem muitos traços orientais, mas da década passada. O tempo passou e chegou a hora de dar um novo visual ao modelo global, que também é vendido nos Estados Unidos e Europa. 

Os norte-americanos foram tratados como brasileiros (trouxas, mas felizes com um modelo desatualizado) no Salão de Nova York com o lançamento de um simples face-lift do Cruze original, semanas antes da apresentação da sua segunda geração no Salão de Pequim, na China. 

O novo Chevrolet Cruze está mais coreano do que nunca. Ficou a cara do Kia Cerato, principalmente nos faróis espichados, no recorte traseiro das janelas laterais e nas lanternas traseiras em forma de asa delta. A caída do teto é próxima de um cupê, dando-lhe mais esportividade às suas novas linhas. O que mais chama a atenção no novo design do Cruze é a gravata dourada da Chevrolet, que foi parar na própria grade superior e não mais na barra divisória, como nos já antigos modelos da marca. É um novo conceito estético já usado no americano Impala. 
0

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
Matéria originalmente postada em setembro de 2014


A inglesa Jaguar tornou-se nobre pelos seus cupês esportivos (E-Type, XK e F-Type) e sedãs de luxo (XJ, MarkII, S-Type e XF). Mas não foi bem sucedida com o seu primeiro sedã médio, o X-Type. O público não aceitou o "sacrilégio" da tração dianteira do modelo baseado no Ford Mondeo (marca que era dona da Jaguar na época) e o considerou um "mais do mesmo". O X-Type foi vendido entre 2001 e 2009 e teve até uma versão perua.

Jaguar X-Type

Passados cinco anos, a Jaguar parece ter superado o trauma e vai dar uma segunda chance ao segmento médio. Apresentou em Londres, com toda pompa e participação da estilista Stella McCartney, filha do ex-Beatle Paul, o novo XE, que será mostrado ao público no Salão de Paris, que começa agora em outubro, e também terá uma perua e um cupê.
0

sábado, 3 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
Matéria originalmente postada em novembro de 2014


Um esportivo de verdade, com carroceria cupê de duas portas, mas derivada de um sedã familiar e com um motor que rende mais de 200 cavalos. Era o que faltava no mercado brasileiro. A Honda atendeu a esse pedido e trouxe do Canadá, após quase cinco anos de promessas, o Civic Si Coupé.

Esta sigla está voltando ao mercado brasileiro após quatro anos e enfim substitui o Civic Si da geração anterior (2007-2010), que tinha quatro portas e era fabricado em Sumaré (SP). Seu motor era 2.0 16v e rendia 192 cavalos.

Agora importada, a versão esportiva tem motor 2.4 16v de 206 cv e chega custando R$ 119.900, independente da pintura que pode ser branca, vermelha, preta e laranja. As duas últimas cores são perolizadas e as primeiras sólidas.  

1

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO E MÁRIO COUTINHO LEÃO
FOTOS: DIVULGAÇÃO, MÁRIO LEÃO E GUSTAVO DO CARMO 


Lançamento Nacional - Toyota Corolla (720) 



Baseado na versão europeia (que é vendida em poucos países do Velho Continente), com grade cromada e faróis mais retos e puxados, ambos curvados para cima, o Corolla 2015 ficou, ao mesmo tempo, moderno na frente e conservador na traseira de lanternas horizontais, mais finas e pontudas do que antes, unidas pela barra cromada acima da placa. Na lateral, chama atenção da linha ascendente da base das janelas na altura da coluna de trás.

O Novo Corolla chega ao mercado com praticamente as mesmas versões de acabamento do anterior: GLi, XEi e Altis. Só a XLi que foi extinta. Mais tarde, chegará o esportivo XRS, que deve ter o visual norte-americano. Já os motores são exatamente os mesmos: o 1.8 e o 2.0, ambos flex, com comando variável das válvulas de admissão e escape (Dual VVTi) e sistema de partida a frio, que dispensa o tanquinho.



A nova Frontier, que é chamada de Navara em alguns mercados, ficou mais agressiva e menos quadrada, mas ao mesmo tempo não abdicou das linhas retas. A linha das janelas ficou mais inclinada. Os faróis ficaram maiores e horizontais e ganharam iluminação diurna em LED. A grade foi alargada. E os para-choques logicamente mais agressivos. Na traseira as lanternas cresceram e estão mais salientes. O V que antes era um aplique plástico se transformou num vinco no centro da tampa. 

O interior ficou mais luxuoso e o painel ganhou linhas mais curvadas, com tela multimídia, mas mantendo os detalhes prateados que o aproximam do Altima. Também vem do modelo top os bancos com assento de gravidade zero. Os passageiros do banco de trás ganharam saída do ar condicionado só pra eles. 

Os motores 2.5 foram mantidos na versão diesel e gasolina. O primeiro rende os mesmos 190 cavalos, mas o consumo promete ser 11% menor. Na tração, o sistema "Shift-on-the-fly" pode ser ativado com o veículo estiver em movimento, enquanto o sistema VDC (Vehicle Dynamic Control) ajuda a melhorar a performance de condução 4x4 assim como a segurança. Hà ainda o ABLS (Active Brake Limited Slip), HSA (Hill Start Assist) e HDC (Hill Descent Control). As opções de câmbio serão o manual de seis marchas e automático de sete. A carroceria e o chassi foram totalmente remodelados com materiais mais leves.



Foto: Gustavo do Carmo 
Criadora dos utilitários esportivos, a Jeep não poderia ficar de fora do novo segmento do gênero: o dos compactos. Mais de dez anos depois da rival norte-americana Ford lançar no Brasil o Ecosport -que não inventou a categoria, mas a impulsionou e chegou à Europa - a divisão off-road da Chrysler apresentou em março, no Salão de Genebra, o Renegade.

O modelo começará a ser fabricado no Brasil em março, após a inauguração da fábrica que o grupo FCA (Fiat-Chrysler Automotive) está construindo em Goiana, interior de Pernambuco. A Fiat é dona das marcas Dodge e Jeep há quatro anos e deve produzir também lá o sedã Viaggio. O Renegade será uma das grandes atrações do próximo Salão de São Paulo.


O Mercedes SLS AMG mal saiu de linha e seu lugar top, ainda quente, já será ocupado, a partir do ano que vem, pelo AMG GT. Ele utiliza a mesma plataforma e manteve o capô longo e a traseira curta do antecessor. No entanto, tem um novo desenho, bem mais charmoso, com caída do teto curvada, como os ingleses Jaguar F-Type (ficou até muito parecido com este) e McLaren 650S, além do conterrâneo Porsche 911. Legítimos cupês esportivos que vão concorrer com o novo AMG. Audi R8 e o híbrido BMW i8 também estão no páreo.



Em agosto de 1984, o Uno chegou ao Brasil com o mesmo estilo ousado, mas somente com duas portas. Uma importante adaptação para cá foi a colocação do estepe na frente, junto com o motor, e não no porta-malas, como no italiano. Assim, o capô do nosso era mais alto e a tampa envolvia a lateral.


Lembra de Mim? - Fiat Uno Turbo i.e. (421)


Foto: Mário Coutinho Leão 

Em tempos de "downsizing" dos motores é comum ver modelos turbinados de fábrica. Poucos lembram ou conheceram o primeiro deles, lançado há exatos 20 anos, o Fiat Uno 1.4 Turbo. Para quem viveu apenas a época em que o Uno se resumiu às versões com motor 1-litro nem imagina uma versão de alto desempenho do modelo. Vale a pena conhecer esse "fuçado de fábrica" apresentado ao mercado em fevereiro de 1994.




Com a versão Red, o Volkswagen Up! substituiu o Gol "Geração 4" e venceu logo no seu primeiro comparativo contra o recém-amadurecido Ford Ka (agora o Carro do Ano da Autoesporte), o Nissan March (nacionalizado e renovado este ano) e o já veterano Chevrolet Onix. 

O pequeno Up!, que foi tropicalizado para ser fabricado aqui, se destacou no estilo, acabamento, porta-malas, desempenho, consumo e nível de ruído. Mas tem como pontos fracos o preço, a frenagem, o espaço interno e a manutenção. 

É vendido somente com motor 1.0, mas com oferta variadas de versões: Take, Move, High, Red, Black, White e a recém-lançada Cross

Por só ter motor de um litro, seus outros concorrentes participaram com a mesma cilindrada. O Ka ficou em segundo, o March em terceiro e o Onix, já precisando de uma renovação, em quarto.



O Fox chegou à sua linha 2015 com novidades relevantes para a segurança e desempenho. Motor 16 válvulas, câmbio de seis marchas e controles eletrônicos de tração e estabilidade chamam a atenção de quem estava acostumado à mania da Volkswagen em não instalar em seus carros os equipamentos já apresentados pela concorrência. Novo caminho.


As qualidades dinâmicas foram todas mantidas. Direção bem calibrada, câmbio com bom escalonamento e de engates macios e precisos, bancos que apóiam bem o corpo e visibilidade garantida em todos os divros e espelhos. Os freios a disco nas quatro rodas com ABS e distribuição eletrônica de frenagem não sofrem fadiga e o controle de estabilidade e tração mostrou atuação precisa quando "provocado" nos trechos de asfalto irregular e sujo de terra do nosso trajeto padrão. Isolamento acústico e ergonomia dos instrumentos também merecem elogio.






O Chevrolet Cruze nasceu, em 2007, de um projeto sul-coreano da subsidiária da General Motors no país asiático, a Daewoo, que batiza o atual sedã médio da GM brasileira de Lacetti. Não parece, mas o Cruze tem muitos traços orientais, mas da década passada. O tempo passou e chegou a hora de dar um novo visual ao modelo global, que também é vendido nos Estados Unidos e Europa. 

Os norte-americanos foram tratados como brasileiros (trouxas, mas felizes com um modelo desatualizado) no Salão de Nova York com o lançamento de um simples face-lift do Cruze original, semanas antes da apresentação da sua segunda geração no Salão de Pequim, na China. NR: Este falso novo visual chegou ao Brasil agora. 

O novo Chevrolet Cruze está mais coreano do que nunca. Ficou a cara do Kia Cerato, principalmente nos faróis espichados, no recorte traseiro das janelas laterais e nas lanternas traseiras em forma de asa delta. A caída do teto é próxima de um cupê, dando-lhe mais esportividade às suas novas linhas. O que mais chama a atenção no novo design do Cruze é a gravata dourada da Chevrolet, que foi parar na própria grade superior e não mais na barra divisória, como nos já antigos modelos da marca. É um novo conceito estético já usado no americano Impala.



Foto: Gustavo do Carmo 

2014 foi um ano muito especial para o Guscar. Pela primeira vez, este que vos escreve esteve presente pessoalmente, em carne e osso em Genebra, na Suiça. Foi a primeira cobertura in loco de um evento para o Guscar. Entre os posts da série o mais acessado foi este mostrando as novidades das quatro principais marcas que atuam no Brasil: General Motors, Fiat, Ford e Volkswagen. 


Especial - Carro do Ano Autoesporte 2015 - Ford Ka (151)



Foi pela expectativa de bom mercado (além, claro do bom acabamento, espaço interno e equipamentos como controles eletrônicos de estabilidade e tração e o assistente de emergência que chama o SAMU) que o Ford Ka conquistou o seu segundo título de Carro do Ano pela revista Autoesporte.


Texto mais acessado do ano - Comparativo - Honda Fit x Hatches Compactos Premium (8.756)




Marca que mais respeita o mercado brasileiro, ao lado da Toyota, a Honda lançou em 2014, rapidamente, as novas gerações do Fit e do City. Mas avacalhou na face-lift do Civic.

O Fit eu comparei em maio contra os hatches compactos premium Chevrolet Sonic (que parou de ser importado pouco tempo depois), Citroën C3, Fiat Punto. Ford Fiesta e Peugeot 208.

O Honda venceu, sendo o melhor em itens como câmbio, desempenho, consumo, porta-malas e espaço interno. Seu pior resultado foi a potência do seu único motor 1.5. É vendido nas versões DX, LX, EX e EXL.

Em segundo ficou o Fiesta, apenas um ponto atrás. Em terceiro vem o Peugeot 208. Sonic e C3 empataram em quarto lugar. O Punto ficou em último.


0

últimos posts

Tópicos

Lançamento Nacional (184) Chevrolet (98) Volkswagen (98) História (89) Ford (87) Fiat (79) Carro do Ano (73) Comparativos (70) Lançamento Internacional (67) Em Breve no Brasil (53) Retrospectiva (51) Renault (46) Honda (41) Toyota (40) Especial (38) Citroën (37) Hyundai (37) Nissan (36) Peugeot (34) Sonhos de Consumo (34) Audi (32) Baba Brasil (27) Kia (27) Mercedes (26) BMW (23) No Mercado (22) Gol (18) História em Miniatura (18) Cruze (17) Motor do Ano (17) Mário Coutinho Leão (17) JAC (16) Lembra de mim? (16) Pré-estreia (16) Rádio Motor (16) Analisando (15) Fiesta (15) Ka (15) Corolla (14) Editorial (14) Golf (14) Opel (14) Civic (12) Focus (12) Salão de Genebra 2014 (12) Volvo (12) Carro do Ano 2013 (11) Carro do Ano 2014 (11) Carro do Ano 2015 (11) Guscar em Genebra (11) História em Fotos (11) Palio (11) Retrospectiva 2016 (11) Uno (11) Carro do Ano 2010 (10) Carro do Ano 2011 (10) Corvette (10) Fox (10) HB20 (10) Mitsubishi (10) Utilitário do Ano (10) Avaliação (9) Carro do Ano 2012 (9) Fit (9) March (9) Suzuki (9) up! (9) 500 (8) Carro do Ano 2016 (8) Chery (8) Duster (8) Ecosport (8) Jaguar (8) Jeep (8) Onix (8) Retrospectiva 2015 (8) Siena (8) i30 (8) Carro Premium (7) City (7) Dodge (7) Fluence (7) Land Rover (7) Melhores do Ano (7) Mini (7) Prêmios Suplementares (7) Salão de Genebra 2012 (7) Versa (7) Voyage (7) 208 (6) 3008 (6) 308 (6) Aircross (6) C3 (6) C4 (6) CR-V (6) Carro do Ano 2017 (6) Etios (6) Ferrari (6) Fusion (6) McLaren (6) Mustang (6) Passat (6) Porsche (6) Punto (6) Ranger (6) Renegade (6) Salão de Xangai (6) Sandero (6) Sportage (6) Strada (6) Toro (6) A3 (5) Alfa Romeo (5) Cerato (5) Classe E (5) Cobalt (5) Eles são 10! (5) Guscar MOTO (5) Jetta (5) Lamborghini (5) Lifan (5) Logan (5) Picape do Ano (5) Polo (5) S10 (5) Salão de Pequim 2014 (5) Saveiro (5) Sentra (5) Teste de pista (5) Tracker (5) 2008 (4) 408 (4) A4 (4) Agile (4) Astra (4) Bentley (4) Campeões de Audiência (4) Captiva (4) Classe C (4) Corsa (4) DS4 (4) Edge (4) Escort (4) Especial Crossovers (4) Fusca (4) HB20S (4) HR-V (4) Hilux (4) Hilux SW4 (4) Livina (4) Mini Cooper (4) Mégane (4) Optima (4) Picanto (4) Prisma (4) Q3 (4) Seat (4) Sonic (4) Swift (4) Série 1 (4) Série 3 (4) XE (4) 911 (3) A5 (3) Accord (3) Amarok (3) Bravo (3) Camaro (3) Camry (3) Captur (3) Celta (3) DS3 (3) Direto do Arquivo (3) Discovery (3) GLC (3) Giulia (3) Ibiza (3) J3 (3) Kicks (3) L200 (3) Malibu (3) Outlander (3) P1 (3) Polara (3) Prius (3) RAV4 (3) Salões (3) Sorento (3) T5 (3) TT (3) Tiggo (3) Utilitário do Ano 2011 (3) Vitara (3) X60 (3) XC90 (3) 147 (2) 507 (2) 508 (2) A1 (2) AMG GT (2) ASX (2) Adam (2) Aero (2) Altima (2) Ayrton Senna (2) Azera (2) Bentayga (2) Bolt (2) C1 (2) C4 Lounge (2) C4 Picasso (2) CLA (2) Calibra (2) Carro Verde do Ano (2) Challenger (2) Chevette (2) Chrysler (2) Classe A (2) Classe B (2) Classe ML (2) Classe S (2) Classic (2) Creta (2) DS5 (2) Daewoo (2) Datsun (2) Elantra (2) Elba (2) Espero (2) Estão comentando (2) Fim de Temporada (2) Fiorino (2) Frontier (2) GLA (2) GLE (2) Genesis (2) Go (2) Golf Variant (2) Importados de Ontem (2) Insignia (2) J2 (2) J5 (2) J6 (2) Journey (2) Kadjar (2) La Ferrari (2) Lancia (2) Linea (2) Matérias Especiais (2) Mazda (2) Mille (2) Mini Clubman (2) Mobi (2) Mondeo (2) Montana (2) Monza (2) Motor do Ano 2011 (2) Motor do Ano 2013 (2) Motor do Ano 2014 (2) Motor do Ano 2015 (2) Motor do Ano 2016 (2) Motor do Ano 2017 (2) Opala (2) Oroch (2) Pajero Dakar (2) Panamera (2) Parati (2) Pontiac (2) Pré-estréia (2) QQ (2) Qoros (2) RS6 (2) Range Rover (2) Rinspeed (2) S-Cross (2) S60 (2) Santana (2) Skoda (2) Smart fortwo (2) Soul (2) Spacefox (2) Symbol (2) Série 2 (2) Série 4 (2) T6 (2) Tiguan (2) Tipo (2) Transit (2) Twingo (2) Utilitário do Ano 2010 (2) Utilitário do Ano 2013 (2) Utilitário do Ano 2014 (2) Utilitário do Ano 2015 (2) V40 (2) V90 (2) Vectra (2) Vectra GT (2) Veneno (2) Volkswagen Jetta (2) Volt (2) Willys (2) X1 (2) X6 (2) ZX (2) i8 (2) 107 (1) 108 (1) 124 Spider (1) 155 (1) 156 (1) 159 (1) 206 (1) 207 Passion (1) 2CV (1) 300C (1) 301 (1) 4008 (1) 405 (1) 4C (1) 500X (1) 530 (1) 570GT (1) 650S (1) 75 (1) A Concept (1) A6 (1) A8 (1) Alaskan (1) Ami (1) Ampera (1) Anísio Campos (1) Apollo (1) As Belas do Salão (1) Aston Martin (1) Audi A3 Sedan (1) Aygo (1) B-Max (1) BMW K 1300 R (1) Bertone (1) Brasília (1) Brivido (1) Bugatti (1) C-Elysée (1) C-XR (1) C3 Picasso (1) C4 Cactus (1) C5 (1) Cadenza (1) Cambiano (1) Carens (1) Carro Premium 2010 (1) Carro Premium 2011 (1) Carro Premium 2012 (1) Carro Premium 2013 (1) Carro Premium 2014 (1) Carro Premium 2015 (1) Carro Premium 2016 (1) Carro Premium 2017 (1) Carros Antigos (1) Cee'd (1) Celer (1) Cherokee (1) Citigo (1) Clio (1) Clubman (1) Colorado (1) Compass (1) Concept Coupé (1) Concept Estate (1) Concept XC Coupé (1) Continental (1) Continental GT (1) Corcel (1) Cordoba (1) Cross Coupé (1) Crossland X (1) D-Max (1) DS 6WR (1) Dacia (1) Dacia Logan (1) Dauphine (1) De olho na Notícia (1) Del Rey (1) Delta (1) Direto da Tela (1) Divulgação (1) Doblò (1) Dock+Go (1) E-Type (1) EC7 (1) Emerge-E (1) Enjoy (1) Entre linhas (1) Eos (1) Equinox (1) Equus (1) Espace (1) Evoque (1) Explorer (1) F-Type (1) FF (1) Face (1) Faróis (1) Ferrari 812 Superfast (1) Fiat Coupé (1) Fiat Uno Turbo i.e. (1) Fiat. Ford (1) Firebird (1) Ford GT (1) Ford T (1) Ford. Ka (1) Freemont (1) GS (1) GT4 Stinger. Soul (1) GTC4Lusso (1) Geely (1) Ghibli (1) Giulietta (1) Guscar 10 Anos (1) Hall da Fama Autoesporte (1) Hi-Cross (1) Hoggar (1) Honda CB 600F Hornet (1) Huracan (1) I-Oniq (1) Idea (1) Inca (1) Infiniti (1) Intrado (1) Invitation (1) Isuzu (1) Italdesign (1) KAWASAKI Z300 (1) KTM 390 Duke (1) Karl (1) Kawasaki (1) Kawasaki Ninja 250R (1) Kawasaki Ninja 300 (1) Koleos (1) Kombi (1) Kuga (1) LF320 (1) LF620 (1) Leaf (1) Lexus (1) Lincoln (1) Lodgy (1) Lotus (1) MX3 (1) Maserati (1) Maverick (1) Mercedes. A3 (1) Meriva (1) MiTo (1) Mii (1) Miura (1) Model S (1) Mokka (1) Motor do Ano 2010 (1) NMC (1) NS4 (1) NSX (1) New Beetle (1) Nexon (1) Notícias (1) Nuccio (1) Oldsmobile (1) Omega (1) Pacifica (1) Pajero (1) Picape do Ano 2010 (1) Picape do Ano 2011 (1) Picape do Ano 2013 (1) Picape do Ano 2014 (1) Picape do Ano 2015 (1) Picape do Ano 2016 (1) Picape do Ano 2017 (1) Pininfarina (1) Ponto a Ponto (1) Prêmio (1) Pulsar (1) Q2 (1) Q5 (1) Qoros 2 (1) Qoros 3 (1) RX (1) RX7 (1) Raridade (1) Romi (1) Romi Isetta (1) S18 (1) S90 (1) SL (1) SLK (1) SP2 (1) SX4 (1) SXC (1) Santa Fe (1) Scirocco (1) Scénic (1) Smart (1) Smart forfour (1) Sonata (1) Spin (1) Ssangyong (1) Sunny (1) Série 5 (1) Série 6 (1) Série 7 (1) T-Roc (1) T8 (1) Talisman (1) Tata (1) Tempra (1) Tempra Pick-up (1) Tesla (1) Teste de Consumo (1) Tiida (1) Toledo (1) Toronado (1) Touareg (1) Tourneo (1) Toyota Corolla (1) Trailblazer (1) Trax (1) Tucson (1) Utilitário do Ano 2012 (1) V60 (1) Vale a Pena? (1) Vario (1) Vedette (1) Veloster (1) Veraneio (1) Versailles (1) Vezel (1) Viaggio (1) Vision C (1) Volkswagen GOLF (1) Volkswagen Gol Comfortline 1.0 (1) Vídeos (1) X-ChangE (1) X3 (1) XF (1) XIV-2 (1) Yamaha XT 600Z Ténéré (1) Yamaha YBR 250 Fazer (1) Yaris (1) Z4 (1) Zest (1) Zoe (1) ix35 (1) recall (1)