sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

COMPARATIVO - HATCHES COMPACTOS

Texto: Gustavo do Carmo
Fotos: Divulgação
Dados de teste: Revista Quatro Rodas


Criado há 15 anos, o Palio chegou a ameaçar a liderança de vendas do VW Gol. O tempo passou, o compacto da Fiat envelheceu e foi ultrapassado pelo carro que deveria substituir, o renovado Uno. Por causa disso, a sua segunda geração, lançada no final do ano passado, foi reposicionada e passa a disputar um segmento de compactos que ainda não são premium, mas já não são mais populares. Tem opção de motor 1.0, como alguns dos seus concorrentes, mas dá o primeiro passo para quem deseja fugir de um carro de baixa cilindrada e prefere mais espaço interno.

Para desafiá-lo pela primeira vez, escolhi outra novidade do final de 2011: o Nissan March, que já perdeu um duelo para o Celta aqui no Guscar, mas com motor 1.0. Agora é a vez de confrontar o 1.6, com dezesseis válvulas. O japonês ainda é fabricado no México, mas será produzido aqui no estado do Rio no ano que vem. Até vigorar o eventual rompimento do acordo de importação com o país latino o March já deverá ser nacional.

O comparativo, entretanto, não terá somente os dois. Incluí também o chinês JAC J3, que só tem motor 1.4 (na verdade, a cilindrada de 1.332 cm³ foi arredondada por marketing). Aproveitei ainda para fazer uma atualização do comparativo mais acessado do blog (entre todos os textos), publicado em 2010, no qual reuni o Chevrolet Agile, o Fiat Punto, o Renault Sandero e o Volkswagen Fox. Desta vez, o Punto deu lugar ao novo Palio. Aliás, a ideia inicial era comparar só estes quatro. 

Temos, então, seis carros. Três nacionais e três importados, dos quais apenas o argentino Agile e o chinês JAC não têm versão 1.0. O primeiro terá este ano, pois será oficializado como o hatch de entrada da GM, com o provável fim do Corsa. Fox, Sandero e March têm motores 1.0 e 1.6. O Renault ainda tem um 1.6 16v, exclusivo do câmbio automático. Já o Palio, além das duas variações de cilindrada, também tem uma versão 1.4, a Attractive. Por falar em câmbio automático, além do Renault, Fox (i-Motion) e Palio Essence e Sporting (Dualogic), também têm esta opção de transmissão, mas é automatizada e com troca no volante opcional.

 Para equilibrar as forças, reuni dois carros 1.4 (Agile e JAC), dois 1.6 de oito válvulas (Fox e Sandero) e dois 1.6 de dezesseis válvulas: o March e o Palio Essence. Todos com o câmbio manual.





Temos duas novidades neste comparativo. A primeira é a volta da soma dos pontos de acordo com a classificação em cada item. É mais justo e racional do que aquele que vence mais, usado pela primeira vez, coincidentemente, naquele desafio de estreia do Agile. Um duelo especial merece uma análise detalhada. A outra é que cada modelo será apresentado individualmente, já com a classificação final. Os outros critérios voltarão quando eu comparar apenas dois ou três modelos. 

6º Renault Sandero Expression 1.6 8 válvulas - 39 pontos




Em 2010, com o critério antigo, o Renault Sandero ficou em último lugar entre quatro modelos. Na época, foi apontado como o mais barato, através da já extinta série especial Vibe, e o mais espaçoso. Agora, com nova grade dianteira e novos materiais do painel, grafismo dos instrumentos e tecidos (únicas novidades do facelift do ano passado), só mantém a melhor acomodação interna, graças à maior largura interna.

Os R$ 38.750 pedidos pela versão Expression com pintura metálica e equipamentos como ar condicionado, vidros e travas elétricos, no mínimo, o deixaram em terceiro lugar. Para ter retrovisores elétricos, freios ABS, airbag duplo, computador de bordo e som com MP3 é melhor escolher a versão Privilegé, por R$ 44.150. A versão automática deste tem motor de 16 válvulas e custa a partir de R$ 44.190 (sem a pintura metálica e os itens de segurança). Se todos fossem completos como o JAC J3, o Sandero ficaria em quarto. Entre os equipamentos básicos e relevantes da Expression estão apenas a direção hidráulica e as regulagens de altura do volante e do banco do motorista, o que o deixa apenas em quinto lugar.

O franco-paranaense também se saiu bem no conforto, onde perdeu, por pouco, no nível de ruído para o novo Palio (68,7 contra 68,1 decibéis a 120 km/h, segundo a revista Quatro Rodas). O acabamento também o deixou em segundo lugar, atrás apenas do Fox. Com materiais revistos, ficou com aparência mais caprichada, mesmo sendo mais simples que o Privilegé, que tem console com aplique em black-piano. O porta-malas de 320 litros, que era apenas 7 litros menor que o do Chevrolet Agile, agora também fica atrás dos 346 do JAC.
Painel da versão Privilegé

Além dos equipamentos de série, o Sandero foi fraco no desempenho, no consumo e na segurança, itens em que ficou em quinto lugar. Colocações que contribuíram para a sua última posição no comparativo. Com apenas 95 cavalos de potência quando abastecido com álcool e 92 cv com gasolina no motor 1.6 Hiflex de oito válvulas (o menos potente de todos), ele acelera de 0 a 100 km/h em 12,4 segundos, retoma entre 80 e 120 km/h em 22,1 seg. e alcança velocidade máxima de 174 km/h. Percorre 6,9 km/litro de álcool na cidade e 8,9 km/l na estrada. A frenagem vinda a 80 km/h é feita em 34,8 metros, número que seria melhor com freios ABS.

A garantia da Renault é de 3 anos, só perdendo para os 6 anos cobertos pela JAC Motors e empatando com a afiliada Nissan. Os demais têm um ano. No entanto, como o critério é o número de concessionárias, a montadora francesa tem apenas a quarta maior rede, com 174 revendas. 

Apesar de ter inspirado o recorte das janelas do novo Palio e das lanternas traseiras arrojadas, o estilo do Sandero já não impressiona tanto como há quatro anos. O facelift, que deveria ter lhe dado mais vida, entregou ainda mais a sua idade e a sua filosofia de baixo custo. O fechamento da grade deveria ter sido mais envolvente, interagindo com o capô, mas ficou apenas na mudança do para-choque e na nova chapa entre os faróis.


Versão Privilegé
FICHA TÉCNICA - RENAULT SANDERO EXPRESSION 1.6 

Motor: Quatro cilindros, transversal, flex, 1.598 cm³, 8 válvulas
Potência: 92 cv (gasolina) e 95 cv (álcool)
Aceleração de 0 a 100 km/h: 12,4 segundos (revista Quatro Rodas, com álcool) 
Velocidade máxima: 174 km/h 
Consumo Médio: 7,9 km/l (Revista Quatro Rodas, com álcool) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 4,02/1,75/1,53/2,59m 
Porta-malas: 320 litros 
Tanque: 50 litros 
Preço: R$ 33.890 (básico) / R$ 38.750 (intermediário) / R$ 44.150 (Privilegé completa) / R$ 47.650 (Privilegé automática completa)


5º Chevrolet Agile 1.4 LTZ - 39 pontos



Com o mesmo número de pontos que o Sandero, o Agile levou a melhor por ter ficado mais vezes em segundo lugar (4 a 2). Ambos ganharam um item. O Chevrolet é o mais equipado entre os seis na versão LTZ, mais vantajosa, por causa da menor diferença para a LT completa (R$ 42.928). Por R$ 44.688, com pintura metálica, traz ar condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, freios ABS com EBD, airbags frontais e o que o ajuda a superar o recheado JAC: piloto automático e computador de bordo. Por isso, acabou se saindo o mais caro.

Os quatro itens em que o Agile ficou em segundo foram o espaço interno, porta-malas (327 litros), segurança (frenagem em 26,9 metros a 80 km/h) e assistência (596 concessionárias Chevrolet). Mas a última colocação em quesitos como o preço, conforto, acabamento e estilo o empurraram para o penúltimo lugar.


Andando a 120 km/h, o decibelímetro da Quatro Rodas registrou 70 decibéis, o mais ruidoso dos seis. O acabamento deixa a desejar pela rigidez dos plásticos e aparência simples demais. Já as linhas são retas e desproporcionais: grade frontal enorme (com emblema minúsculo) e traseira reta com lanternas pequenas, sem falar da estranha e mal feita pintura preta na coluna lateral traseira. Se o face-lift previsto para o ano que vem eliminar isso vai deixá-lo um pouco mais atraente.

O motor Econoflex 1.4 de oito válvulas rende entre 97 e 102 cavalos. Só superou o 1.6 oito válvulas do Sandero. Mas lhe proporcionou um rendimento razoável: aceleração de 0 a 100 km/h em 12,8 segundos, retomada entre 80 e 120 km/h em 21,2 segundos e baixíssima velocidade máxima de 165 km/h. Desempenho que o colocou em quarto lugar. Uma posição acima ficou o consumo: média de 7,5 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada.

Agile das fotos na versão Wi-Fi, série especial que capta sinal de internet.
FICHA TÉCNICA - CHEVROLET AGILE LTZ 1.4 



Motor: Quatro cilindros, transversal, flex, 1.389 cm³, 8 válvulas

Potência: 97 cv (gasolina) e 102 cv (álcool)

Aceleração de 0 a 100 km/h: 12,8 segundos (revista Quatro Rodas, com álcool) 

Velocidade máxima: 165 km/h 
Consumo Médio: 8,6 km/l (Revista Quatro Rodas, com álcool) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 4,00/1,68/1,47/2,54m 
Porta-malas: 327 litros 
Tanque: 54 litros 
Preço: R$ 44.688



4º Volkswagen Fox 1.6 - 40 pontos



Realmente, os carros nascidos para oferecer mais espaço não se saíram bem neste comparativo. Depois do Sandero e do Agile, o Fox fecha a turma que ficou de fora do pódio. Para esse trio a pontuação no espaço interno foi inversamente proporcional à classificação final. No caso do Volks, o terceiro lugar no quesito virou o quarto geral. E pensar que ele tinha vencido o comparativo de 2010.

Mesmo se ainda valesse o regulamento antigo ele seria o vice-campeão, com as mesmas três vitórias do March, mas sem nenhum segundo lugar, o que o Nissan conseguiu dois.

O Fox se destacou na segurança, com frenagem em apenas 24,9 metros. Outras vitórias foram no acabamento, com melhores materiais e mais revestimento em tecido, e na maior rede de concessionárias da Volkswagen (620). Um dos defeitos do Fox é o porta-malas, de apenas 260 litros, o menor dos seis.


Outro último lugar obtido foi no consumo de 6,6 km/litro de álcool na cidade e 8,5 km/l na estrada. É  o preço cobrado pelo terceiro melhor desempenho entre os seis modelos, proporcionado motor 1.6 de oito válvulas, que rende 101 cavalos com gasolina e 104 cv com álcool, que lhe deu a quarta melhor potência e uma aceleração de 0 a 100 km/h em 11,7 segundos, retomada entre 80 e 120 km/h em 20,3 segundos e 184 km/h de velocidade máxima. O nível de ruído de 69 decibéis ficou empatado tecnicamente em terceiro lugar com o March (69,1) e o JAC J3 (69,3).

Por R$ 43.140 (preço sempre com pintura metálica e ar, direção, vidro e travas elétricos), o Fox 1.6 é o segundo mais caro, atrás apenas do Agile LTZ. Com o câmbio automatizado i-Motion, custa R$ 44.850 nesta mesma configuração. O pacote opcional "obrigatório" ainda traz os retrovisores elétricos, o alarme e a abertura das portas e porta-malas por controle remoto. Com airbags, freios ABS, faróis de neblina, rodas de liga-leve e sensor de estacionamento, custa R$ 46.555. De série, o modelo básico só traz a direção hidráulica e o banco do motorista com regulagem de altura, que o deixa em último lugar em relação a equipamentos. Pelado, o Fox custa R$ 36.695.

Atualizado em 2009, quando ganhou a frente padrão mundial da marca, as linhas do Fox já pedem uma nova geração de verdade. No final do ano, ele já terá quase uma década, a ser completada no ano que vem. Na Europa, o Fox, bastante criticado, foi substituído pelo ousado Up!, que recentemente ganhou as quatro portas. Aqui no Brasil, o novo carro é pequeno para os padrões nacionais. Será que a nossa Volks seria capaz de criar um novo Fox?

FICHA TÉCNICA - VOLKSWAGEN FOX 1.6

Motor: Quatro cilindros, transversal, flex, 1.598 cm³, 8 válvulas
Potência: 101 cv (gasolina) e 104 cv (álcool)
Aceleração de 0 a 100 km/h: 11,7 segundos (revista Quatro Rodas, com álcool) 
Velocidade máxima: 184 km/h 
Consumo Médio: 7,55 km/l (Revista Quatro Rodas, com álcool) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 3,82/1,64/1,54/2,47m 
Porta-malas: 260 litros 
Tanque: 50 litros 
Preço: R$ 36.695 (básico) / R$ 43.140 (intermediário) / R$ 44.850 (intermediário com i-Motion) / R$ 46.555 (manual completo)


3º JAC J3 1.4 16v - 45 pontos



A chinesa JAC Motors é candidata a ser a mais prejudicada pelo aumento do IPI para veículos importados fora do eixo Mercosul-México. Mesmo anunciando a construção de uma fábrica na Bahia, a marca representada pelo empresário Sérgio Habib deve ter forte elevação em seus preços nos próximos meses.

Por enquanto, ainda custa R$ 36.900 e nada mais, como diz o comercial com o apresentador Fausto Silva. Mesmo com o preço baixo, a lista de equipamentos de série é boa: ar condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, rodas de alumínio de 15 polegadas, som com entrada USB, freios ABS, airbag duplo, sensor de estacionamento traseiro, entre outros. Curiosamente, o J3, nome do compacto da marca, perdeu no preço para o March 1.6 S e em equipamentos para o Agile LTZ. Mesmo assim, a relação custo-benefício ainda agrada.

Seu estilo arredondado também é atraente. Mas tem cara de anos noventa e ficou atrás do March e do Palio. O que impressiona, mesmo, é o porta-malas de 346 litros. Pena que roubou o espaço dos passageiros para compensar. Só não é mais apertadinho do que o March.


Além de ser o concorrente de origem mais distante, o hatch chinês é o único que tem dezesseis válvulas no motor 1.4, com VVT (comando variável de válvulas) e que (ainda) não é flex. Isso lhe deu uma vantagem no consumo, pois a revista Quatro Rodas só testa os carros bicombustíveis com álcool. Assim, o J3 foi o mais econômico com 11 km/l de gasolina na cidade e 13,8 km/l na estrada. Em contrapartida, o desempenho foi prejudicado e o JAC se saiu o mais lento (13,4 segundos de aceleração e 23,3 s de retomada). Só a velocidade de 186 km/h que foi boa, mas essa é a divulgada pela otimista empresa.

Na segurança e no conforto, o J3 se saiu bem. Freia a 80 km/h em 27 metros, dez centímetros a mais que o Agile, empatando tecnicamente com ele em segundo lugar. O primeiro foi o Fox. Já no nível de ruído  a 120 km/h (69,3 dB) também houve empate técnico, mas em terceiro lugar e com o March (69,1) e o Fox (69).

Os carros chineses chegaram ao Brasil com a boa fama de baratos e bem equipados. Outra fama, desta vcz ruim, é a do mal acabamento. O importador Sérgio Habib até mandou fazer alterações nos materiais de revestimentos. Realmente agradam. Ficaria até em segundo. Mas falhas de montagem o jogaram para o quinto lugar, na frente apenas do Agile. Apesar da garantia de 6 anos, a rede de concessionárias ainda está crescendo. Por enquanto, tem apenas 46. O JAC J3 não ameaçou tanto, como se esperava.



FICHA TÉCNICA - JAC J3 1.4 VVT 16v



Motor: Quatro cilindros, transversal, gasolina, 1.332 cm³, 16 válvulas

Potência: 108 cv

Aceleração de 0 a 100 km/h: 13,4 segundos (revista Quatro Rodas) 
Velocidade máxima: 186 km/h 
Consumo Médio: 12,4 km/l (Revista Quatro Rodas) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 3,97/1,65/1,47/2,40m 
Porta-malas: 346 litros 
Tanque: 48 litros 
Preço: R$ 36.900



2º Nissan March 1.6 S - 45 pontos



A versão com motor 1.6 chegou um pouco atrasada, mas compensou com o melhor desempenho do comparativo. Acelera de 0 a 100 km/h em 10,2 segundos e recupera entre 80 e 120 km/h em 14,7 segundos. A velocidade divulgada pela Nissan é de 191 km/h. O primeiro compacto da Nissan vendido no Brasil também se destaca quando passa. A carinha simpática dos faróis arredondados contrasta muito bem com a traseira truncada (ao contrário do Agile). O vinco aerodinâmico no teto é um charme.

A terceira e última vitória do March foi na relação custo-benefício. O March S é suficiente para acelerar a versão 1.6 com conforto. Custando R$ 36.610 com pintura metálica, traz ar condicionado, direção elétrica progressiva, trio elétrico, computador de bordo, banco do motorista e volante com regulagem de altura e airbags frontais. Há também as versões SV e SR. A primeira tem a mais alarme acionado por controle remoto, rodas de liga-leve e rádio CD Player com MP3 e entradas. Custa R$ 38.710, também com pintura metálica (R$ 720). A SR tem detalhes esportivos, como rodas escurecidas, retrovisores exclusivos, aerofólio traseiro, spoilers dianteiro e traseiro, saias laterais e adesivos na carroceria. Sai por R$ 39.990 na cor preta e R$ 40.710 na cor cinza. Só não ganhou na lista de equipamentos porque não tem a opção dos freios ABS, que a Nissan garante que vai trazer ainda este ano.

Painel da versão SV, que vem com rádio.
Voltando a falar do motor, ele tem 16 válvulas e, apesar de ser Flex, rende 111 cavalos de potência com qualquer combustível. Desenvolvido especialmente para o March e, também, o sedã Versa, perde apenas para o Fiat Palio. O March também ficou em segundo lugar no consumo, com médias de 7,9 km/l na cidade e 10,9 km/l na estrada. O nível de ruído de 69,1 decibéis a 120 km/h é razoável. A frenagem foi prejudicada pela falta de ABS e chegou aos 36,7 metros a 80 km/h.

Outro ponto fraco é o espaço interno apertado, tanto para as pernas quanto para a cabeça. Mesmo assim, o porta-malas de 265 litros continuou pequeno. Superou apenas o lanterna Fox por apenas cinco litros. O menor comprimento entre os seis (3,78m) pode lhe dar praticidade na hora de estacionar, mas não deu folga para os ocupantes. O acabamento interno tem boa montagem mas peca pelo excesso de plásticos e ficou apenas em quarto lugar. A Nissan oferece 3 anos de garantia, mas tem apenas 113 concessionárias.

O March empatou em pontos com o JAC. Assim como o 1.0 em outro comparativo, ficou em segundo por ter vencido mais itens (3 a 2). Mas se não tivesse ficado duas vezes cada em penúltimo e último lugar, talvez tivesse ameaçado o vencedor do comparativo: o Fiat Palio.




FICHA TÉCNICA - NISSAN MARCH 1.6 S


Motor: Quatro cilindros, transversal, flex, 1.598 cm³, 16 válvulas
Potência: 111 cv (gasolina ou álcool)
Aceleração de 0 a 100 km/h: 10,2 segundos (revista Quatro Rodas, com álcool) 
Velocidade máxima: 191 km/h 
Consumo Médio: 9,4 km/l (Revista Quatro Rodas, com álcool) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 3,78/1,66/1,53/2,45m 
Porta-malas: 265 litros 
Tanque: 41 litros 
Preço: R$ 35.890 (básico) / R$ 36.610 (com pintura metálica) / R$ 39.990 (SR preta)


1º Fiat Palio Essence 1.6 16v - 49 pontos



O Palio foi o único que não ficou para trás em nenhum item. Nem em quinto lugar. Suas piores colocações foram o quarto lugar no preço, segurança, porta-malas, espaço interno e equipamentos. Essa regularidade lhe deu pontos preciosos para vencer esse duelo de compactos. 

Se ainda valesse o antigo critério, ficaria em quarto, atrás do March, do Fox e do J3, nesta ordem. O Fiat só ganhou dois itens. 

Um deles foi o motor. O E.TorQ 1.6 de 16 válvulas da versão Essence rende 115 cavalos com gasolina e 117 cv com álcool. O outro foi o nível de ruído, que eu considero sempre como conforto. A 120 km/h registrou 68,1 decibéis. O desempenho também foi muito bom. Acelera de 0 a 100 km/h em 11,3 segundos, retomada de 80 a 120 km/h em 21 s e velocidade de 192 km/h. Mas foi superado pelo Nissan March. O consumo de 7,4 km/l na cidade e 9,4 km/l na estrada lhe deu o terceiro lugar, empatado tecnicamente com o Agile. 

O desenho da nova carroceria é bonito e chama atenção. Mas perdeu em originalidade para o March ao beber na fonte de vários modelos da sua marca, como os faróis do Punto, o friso cromado na grade do 500, os para-choques, lanternas elevadas, ressalto da tampa traseira e painel interno do Uno e base das lanternas do Bravo. Será mais reconhecido como um belo Fiat do que como um belo Palio.


O acabamento interno tem boa qualidade. Há quem diga que supera o do modelo antigo, mas eu tive a impressão de simplificação. Ficou em terceiro lugar. Quem também ficou em terceiro foram as 560 concessionárias da Fiat. 

A frenagem de 30,7 metros ficou na quarta posição, que lhe deu apenas 3 pontos, a menor que o Palio obteve. Isso se repetiu no espaço interno que não cresceu a ponto de superar Agile, Sandero e Fox, no porta-malas que quase conservou o tamanho do anterior (285 litros) e na relação custo-benefício. 

A versão Essence, considerada, custa R$ 39.850 e já traz de série ar condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros e travas elétricos, banco do motorista e volante com regulagem de altura, e computador de bordo. Só incluí à parte os vidros elétricos traseiros e a pintura metálica. Com o câmbio automatizado Dualogic sai por R$ 42.573. Com trio elétrico, freios ABS, airbag e som com MP3, sai por R$ 44.059 e o Dualogic R$ 45.787. A outra versão com esse motor 1.6 16v é a Sporting, com apetrechos esportivos, que custa entre R$ 41.310 (sem pintura metálica, que dá opção de cores vibrantes) e R$ 43.830.  

Se a antiga geração do Palio foi ultrapassada em vendas pelo Uno, a nova lavou a honra da Fiat e venceu o comparativo, enquanto o irmão menor perdeu duas vezes aqui no blog. Os adversários vão pedir revanche.


FICHA TÉCNICA - FIAT PALIO ESSENCE 1.6 16v 



Motor: Quatro cilindros, transversal, flex, 1.598 cm³, 8 válvulas

Potência: 115 cv (gasolina) e 117 cv (álcool)

Aceleração de 0 a 100 km/h: 11,3 segundos (revista Quatro Rodas, com álcool) 
Velocidade máxima: 192 km/h 
Consumo Médio: 8,4 km/l (Revista Quatro Rodas, com álcool) 
Comprimento/largura/altura/entre-eixos: 3,88/1,67/1,51/2,42m 
Porta-malas: 285 litros 
Tanque: 48 litros 
Preço: R$ 39.850 (com pintura metálica e vidro elétrico traseiro) / R$ 42.573 (Dualogic idem) / R$ 44.059 (com freios ABS, airbag e som) / R$ 49.745 (Essence Dualogic Completa)





4 comentários:

Ientsch disse...

Muito bom.
Abraços.

papadafc disse...

Muito bom mesmo, espero que tenha um novo comparativo assim com os novos hatches compactos, começando com o hyundai hb20 que chega agora em outubro, abraços.

Gustavo do Carmo disse...

Olá papadafc, para o final do ano planejo fazer um comparativo entre o HB20, Onix, Palio, Gol e Etios.

Isaac disse...

Excelente. Tenho um e estou totalmente satisfeito. Claro que agora com o lançamento do HB20 ele acabou sendo desbancado, mas mesmo assim não me arrependo.

últimos posts

Tópicos

Lançamento Nacional (188) Chevrolet (103) Volkswagen (103) História (96) Ford (89) Fiat (82) Carro do Ano (73) Comparativos (73) Lançamento Internacional (72) Em Breve no Brasil (56) Retrospectiva (51) Renault (46) Honda (45) Toyota (44) Citroën (39) Nissan (39) Especial (38) Hyundai (38) Peugeot (37) Sonhos de Consumo (36) Audi (33) Baba Brasil (28) Kia (27) Mercedes (27) BMW (24) No Mercado (22) História em Miniatura (19) Cruze (18) Gol (18) Lembra de mim? (17) Motor do Ano (17) Mário Coutinho Leão (17) Corolla (16) JAC (16) Opel (16) Pré-estreia (16) Rádio Motor (16) Analisando (15) Fiesta (15) História em Fotos (15) Ka (15) Civic (14) Editorial (14) Golf (14) Focus (13) Salão de Genebra 2014 (12) Volvo (12) Carro do Ano 2013 (11) Carro do Ano 2014 (11) Carro do Ano 2015 (11) Guscar em Genebra (11) Mitsubishi (11) Palio (11) Retrospectiva 2016 (11) Uno (11) Carro do Ano 2010 (10) Carro do Ano 2011 (10) Corvette (10) Fox (10) HB20 (10) Utilitário do Ano (10) up! (10) Avaliação (9) Carro do Ano 2012 (9) Chery (9) Fit (9) Jaguar (9) March (9) Suzuki (9) 500 (8) Carro do Ano 2016 (8) Duster (8) Ecosport (8) Jeep (8) Onix (8) Retrospectiva 2015 (8) Siena (8) i30 (8) 3008 (7) Carro Premium (7) City (7) Dodge (7) Fluence (7) Land Rover (7) Melhores do Ano (7) Mini (7) Polo (7) Porsche (7) Prêmios Suplementares (7) Ranger (7) Salão de Genebra 2012 (7) Versa (7) Voyage (7) 208 (6) 308 (6) Aircross (6) Alfa Romeo (6) C3 (6) C4 (6) CR-V (6) Carro do Ano 2017 (6) Etios (6) Ferrari (6) Fusion (6) McLaren (6) Mustang (6) Passat (6) Punto (6) Renegade (6) S10 (6) Salão de Xangai (6) Sandero (6) Sentra (6) Sportage (6) Strada (6) Toro (6) A3 (5) Accord (5) Cerato (5) Classe E (5) Cobalt (5) Eles são 10! (5) Guscar MOTO (5) Hilux (5) Jetta (5) Lamborghini (5) Lifan (5) Logan (5) Picape do Ano (5) Salão de Pequim 2014 (5) Saveiro (5) Seat (5) Teste de pista (5) Tracker (5) 2008 (4) 408 (4) A4 (4) Agile (4) Amarok (4) Astra (4) Bentley (4) Campeões de Audiência (4) Captiva (4) Classe C (4) Corsa (4) DS4 (4) Edge (4) Escort (4) Especial Crossovers (4) Frontier (4) Fusca (4) HB20S (4) HR-V (4) Hilux SW4 (4) L200 (4) Livina (4) Mini Cooper (4) Mégane (4) Optima (4) Picanto (4) Prisma (4) Q3 (4) Sonic (4) Swift (4) Série 1 (4) Série 3 (4) XE (4) 911 (3) A5 (3) Bravo (3) Camaro (3) Camry (3) Captur (3) Celta (3) DS3 (3) Direto do Arquivo (3) Discovery (3) GLC (3) Giulia (3) Ibiza (3) J3 (3) Kicks (3) Malibu (3) Mobi (3) Monza (3) Outlander (3) P1 (3) Panamera (3) Polara (3) Prius (3) QQ (3) RAV4 (3) Salões (3) Sorento (3) T5 (3) TT (3) Tiggo (3) Utilitário do Ano 2011 (3) Vectra (3) Vitara (3) X60 (3) XC90 (3) 147 (2) 507 (2) 508 (2) A1 (2) A8 (2) AMG GT (2) ASX (2) Adam (2) Aero (2) Altima (2) Ayrton Senna (2) Azera (2) Bentayga (2) Bolt (2) C1 (2) C4 Lounge (2) C4 Picasso (2) CLA (2) Calibra (2) Carro Verde do Ano (2) Challenger (2) Chevette (2) Chrysler (2) Classe A (2) Classe B (2) Classe ML (2) Classe S (2) Classic (2) Creta (2) DS5 (2) Daewoo (2) Datsun (2) Elantra (2) Elba (2) Espero (2) Estão comentando (2) Expert (2) Fim de Temporada (2) Fiorino (2) GLA (2) GLE (2) Genesis (2) Go (2) Golf Variant (2) Importados de Ontem (2) Insignia (2) J2 (2) J5 (2) J6 (2) Journey (2) Jumpy (2) Kadett (2) Kadjar (2) La Ferrari (2) Lancia (2) Linea (2) Matérias Especiais (2) Mazda (2) Mille (2) Mini Clubman (2) Mondeo (2) Montana (2) Motor do Ano 2011 (2) Motor do Ano 2013 (2) Motor do Ano 2014 (2) Motor do Ano 2015 (2) Motor do Ano 2016 (2) Motor do Ano 2017 (2) Opala (2) Oroch (2) Pajero Dakar (2) Parati (2) Pontiac (2) Pré-estréia (2) Qoros (2) RS6 (2) Range Rover (2) Rinspeed (2) S-Cross (2) S60 (2) Santana (2) Skoda (2) Smart fortwo (2) Soul (2) Spacefox (2) Symbol (2) Série 2 (2) Série 4 (2) T6 (2) Tiguan (2) Tipo (2) Transit (2) Twingo (2) Utilitário do Ano 2010 (2) Utilitário do Ano 2013 (2) Utilitário do Ano 2014 (2) Utilitário do Ano 2015 (2) V40 (2) V90 (2) Vectra GT (2) Veneno (2) Volkswagen Jetta (2) Volt (2) Willys (2) X1 (2) X3 (2) X6 (2) ZX (2) i8 (2) 107 (1) 108 (1) 124 Spider (1) 155 (1) 156 (1) 159 (1) 164 (1) 206 (1) 207 Passion (1) 2CV (1) 300C (1) 301 (1) 4008 (1) 405 (1) 4C (1) 500X (1) 530 (1) 570GT (1) 650S (1) 75 (1) A Concept (1) A6 (1) Alaskan (1) Ami (1) Ampera (1) Anísio Campos (1) Apollo (1) Argo (1) Arona (1) Arteon (1) As Belas do Salão (1) Aston Martin (1) Audi A3 Sedan (1) Aygo (1) B-Max (1) BMW K 1300 R (1) Bertone (1) Brasília (1) Brivido (1) Bugatti (1) C-Elysée (1) C-XR (1) C3 Picasso (1) C4 Cactus (1) C5 (1) Cadenza (1) Cambiano (1) Carens (1) Carro Premium 2010 (1) Carro Premium 2011 (1) Carro Premium 2012 (1) Carro Premium 2013 (1) Carro Premium 2014 (1) Carro Premium 2015 (1) Carro Premium 2016 (1) Carro Premium 2017 (1) Carros Antigos (1) Cee'd (1) Celer (1) Cherokee (1) Citigo (1) Classe X (1) Clio (1) Clubman (1) Colorado (1) Compass (1) Concept Coupé (1) Concept Estate (1) Concept XC Coupé (1) Continental (1) Continental GT (1) Corcel (1) Cordoba (1) Cross Coupé (1) Crossland X (1) D-Max (1) DS 6WR (1) Dacia (1) Dacia Logan (1) Dauphine (1) De olho na Notícia (1) Del Rey (1) Delta (1) Direto da Tela (1) Divulgação (1) Doblò (1) Dock+Go (1) E-Pace (1) E-Type (1) EC7 (1) Emerge-E (1) Enjoy (1) Entre linhas (1) Eos (1) Equinox (1) Equus (1) Espace (1) Evoque (1) Explorer (1) F-Type (1) FF (1) Face (1) Faróis (1) Ferrari 812 Superfast (1) Fiat Coupé (1) Fiat Uno Turbo i.e. (1) Fiat. Ford (1) Firebird (1) Ford GT (1) Ford T (1) Ford. Ka (1) Freemont (1) GS (1) GT4 Stinger. Soul (1) GTC4Lusso (1) Geely (1) Ghibli (1) Giulietta (1) Guscar 10 Anos (1) Hall da Fama Autoesporte (1) Hi-Cross (1) Hoggar (1) Honda CB 600F Hornet (1) Huracan (1) I-Oniq (1) Idea (1) Inca (1) Infiniti (1) Intrado (1) Invitation (1) Isuzu (1) Italdesign (1) KAWASAKI Z300 (1) KTM 390 Duke (1) Karl (1) Kawasaki (1) Kawasaki Ninja 250R (1) Kawasaki Ninja 300 (1) Koleos (1) Kombi (1) Kona (1) Kuga (1) LF320 (1) LF620 (1) Leaf (1) Lexus (1) Lincoln (1) Lodgy (1) Lotus (1) MX3 (1) Maserati (1) Maverick (1) Mercedes. A3 (1) Meriva (1) MiTo (1) Mii (1) Miura (1) Model S (1) Mokka (1) Motor do Ano 2010 (1) NMC (1) NS4 (1) NSX (1) New Beetle (1) Nexon (1) Notícias (1) Nuccio (1) Oldsmobile (1) Omega (1) Pacifica (1) Pajero (1) Picape do Ano 2010 (1) Picape do Ano 2011 (1) Picape do Ano 2013 (1) Picape do Ano 2014 (1) Picape do Ano 2015 (1) Picape do Ano 2016 (1) Picape do Ano 2017 (1) Pininfarina (1) Ponto a Ponto (1) Proace (1) Prêmio (1) Pulsar (1) Q2 (1) Q5 (1) Qoros 2 (1) Qoros 3 (1) RX (1) RX7 (1) Raridade (1) Romi (1) Romi Isetta (1) S18 (1) S90 (1) SL (1) SLK (1) SP2 (1) SX4 (1) SXC (1) Santa Fe (1) Scirocco (1) Scudo (1) Scénic (1) Smart (1) Smart forfour (1) Sonata (1) Spin (1) Ssangyong (1) Sunny (1) Série 5 (1) Série 6 (1) Série 7 (1) T-Roc (1) T8 (1) Talisman (1) Tata (1) Tempra (1) Tempra Pick-up (1) Tesla (1) Teste de Consumo (1) Tiida (1) Toledo (1) Toronado (1) Touareg (1) Tourneo (1) Toyota Corolla (1) Trailblazer (1) Trax (1) Tucson (1) Utilitário do Ano 2012 (1) V60 (1) Vale a Pena? (1) Vario (1) Vedette (1) Veloster (1) Veraneio (1) Versailles (1) Vezel (1) Viaggio (1) Vision C (1) Volkswagen GOLF (1) Volkswagen Gol Comfortline 1.0 (1) Vídeos (1) X-ChangE (1) XF (1) XIV-2 (1) Yamaha XT 600Z Ténéré (1) Yamaha YBR 250 Fazer (1) Yaris (1) Z4 (1) Zest (1) Zoe (1) ix35 (1) recall (1)